fbpx

Uveíte

Home / Uveíte

Exame de biomicroscopia ocular em paciente com uveíte

 

O especialista em uveíte é responsável pelo diagnóstico e tratamento das inflamações da úvea, camada vascular dos olhos, formada pela íris, corpo ciliar e pela coróide. A uveíte também pode afetar seriamente o nervo óptico e a retina.

A íris é uma estrutura pigmentada que fica atrás da córnea, responsável pela cor dos nossos olhos. Ela tem uma abertura central, a pupila, cujo tamanho varia de acordo com a luminosidade do ambiente deixando passar mais ou menos raios luminosos.

Atrás da íris, localizado como um anel por dentro da esclera, encontra-se o corpo ciliar. Ele é responsável por produzir o humor aquoso e contém o músculo ciliar, responsável pelo foco da visão nos objetos próximos.

A coróide é a camada vascular abaixo da retina, responsável pela sua nutrição.

 

Doenças mais comuns na especialidade de uveíte

  •  uveíte posterior por toxoplasmose;
  •  uveíte anterior pelo vírus Herpes, e outros como: citomegalovírus, dengue e zika;
  •  uveíte associada às doenças reumatológicas e vasculites sistêmicas;
  •  panuveítes como a Síndrome de Vogt Koyanagi Harada e oftalmia simpática;
  •  uveíte intermediária;
  •  sífilis ocular;
  •  tuberculose ocular;
  •  uveíte na AIDS;
  • uveíte associada ao câncer;
  •  esclerites e episclerites.

 

Exames complementares utilizados na especialidade uveíte

 

Procedimentos realizados pelo especialista em uveíte

  •  Injeção intravítrea de antiangiogênico (Eylea®, Lucentis®)
  •  Injeção subtenoniana e intra vítrea de triancinolona
  •  Implante de polímero biodegradável de dexametasona (Ozurdex®)
  •  Fotocoagulação a laser