fbpx
Moscas volantes: o que são esses pontinhos pretos na sua visão?

Moscas volantes: o que são esses pontinhos pretos na sua visão?

Você por acaso está notando alguns pontos pretos flutuantes em sua visão, e não faz ideia do que eles significam? Bem, eles podem ser as famosas ‘moscas volantes’, fenômeno tecnicamente chamado de miidopsia.

Na verdade, podemos enxergar pontos, fios, teias ou ter a sensação de que insetos estão voando por perto. Apesar de benignas, elas podem causar muito desconforto visual.

Para entender melhor:

A parte posterior dos olhos é preenchida pelo vítreo, uma substância gelatinosa que se fixa à superfície da retina em alguns pontos. A retina, por sua vez, é uma camada fina de tecido que reveste a parte de trás dos olhos. Seu objetivo é converter a luz recebida em sinais neurais que, juntos, formam a imagem que enxergamos.

Na medida em que envelhecemos, o vítreo pode se contrair, ou se tornar mais líquido. Quando isso ocorre, ele tende a se colapsar e descolar-se da retina. Quando isso acontece, nomeamos o processo de descolamento do vítreo.

Quadro clínico e possíveis complicações

No momento em que ocorre o descolamento do vítreo, o paciente pode se queixar de estar enxergando flashes de luz (fotopsia) ou pontos escuros (miidopsia) flutuando no campo de visão.

Esse quadro, apesar de ser geralmente benigno, pode provocar tração da retina, causando roturas, ou até mesmo hemorragias. Nestes casos, inclusive, o paciente pode perceber uma piora repentina da visão.

Por isso, se você sentir quaisquer um desses sintomas que descrevemos aqui, não hesite em procurar pela ajuda de um oftalmologista, combinado? Afinal, o descolamento do vítreo pode, ocasionalmente, levar à perda da visão.

Afinal: o que causa o descolamento do vítreo?

O descolamento do vítreo é um processo que ocorre de maneira natural, ao longo da vida. Porém, são alguns fatores de risco para ele:

  • idade acima de 50 anos;
  • já ter tido descolamento do vítreo em um dos olhos;
  • inflamações oculares;
  • alta miopia;
  • cirurgia de catarata;
  • traumas.

Diagnóstico

O diagnóstico, inicialmente, é feito pela história do paciente e confirmado com o exame de fundo de olho. Além disso, alguns casos podem necessitar de ultrassonografia ocular.

As moscas volantes têm cura?

Inicialmente, a conduta é expectante. O descolamento do vítreo, na maioria das vezes, não ameaça a visão e os sintomas desaparecem ao longo de semanas ou meses.

Contudo, em casos mais graves, como aqueles que já citamos ao longo do texto, podem ser necessários procedimentos específicos como laser ou cirurgia. Detalhe: somente o profissional saberá qual é a melhor opção para o seu caso.